terça-feira, 18 de abril de 2017

Doação de cartões telefônicos

Quem estiver interessado em aumentar a coleção ou adquirir repetidos para trocas, temos alguns colecionadores doando seus cartões telefônicos.


São aproximadamente 500 cartões telefônicos da Telebrás e CRT da década de 90. Deixe o seu contato para receber doações ou anunciar uma doação também.

Telecartofilia é cultura! Colecione.

terça-feira, 4 de abril de 2017

Quanto vale? Cartões telefônicos do Ayrton Senna

Uma das séries mais queridas pelos colecionadores são os cartões telefônicos com imagens do piloto de Fórmula 1 Ayrton Senna.


Em 1998, a Telesp emitiu 12 exemplares com tiragem de 1.000.000 de cartões, cada. A média de preço varia entre 1 real e 2 reais por cartão.


Mais tarde, em 2004, a Telefônica lançou mais uma série de 6 cartões sobre o evento Senna Experience, com tiragem média de 100 mil cartões. O preço médio varia em torno de 1 real por cartão também.


Mais raros são os cartões pré-pagos, emitidos pela Vivo e pela Embratel, que custam em torno de 5 reais cada cartão.


Outra série muito rara são os cartões do Senninha, com tiragem de 5 mil e 10 mil exemplares, emitidos pela CTBC e pela Telemar.


Emitidos em 1999, possuem muita procura e custam em média 5 reais, cada.

Telecartofilia é cultura! Colecione.

terça-feira, 21 de fevereiro de 2017

Últimos cartões telefônicos emitidos no Brasil

Os cartões telefônicos de orelhão começaram a ser testados no final dos anos 80 e comercializados no início dos anos 90 no Brasil. Tiveram seu auge nos anos 2000 com milhares de exemplares emitidos e tiragem de milhões de cartões.


No último ano, assim como no fim dos anos 80, apenas dois cartões telefônicos foram emitidos.



Em 2015, apenas cartões telefônicos pré-pagos foram emitidos.



Já em 2014, foram os últimos lançamentos das empresas Oi, Sercomtel, Vivo e Algar Telecom.



Atualmente, os cartões telefônicos são tão pouco utilizados que se tornaram tão raros quanto no início da implantação do sistema.